Número total de visualizações de página

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

A minha opinião conhecimento e sabedoria sobre a hipnose 15

Regressão

Regressão é uma técnica terapêutica em que o terapeuta acessa o inconsciente, do paciente, buscando as primeiras manifestações que deram origem a traumas emocionais, fobias e instabilidades emocionais, na intenção de saná-las, alcançando um maior equilíbrio tanto dentro de si como em seus relacionamentos.
No consultório do Dr. Marco Natali, se utilizam dois métodos de regressão, a Regressão Consciente (através do método Conscientização e Catarse), e a Regressão por Hipnose (Através dos métodos de hipnose da M. E. Foundation de Phoenix no Arizona).
Esses dois métodos tem sido exaustivamente testados pelo Dr. Marco Natali e foram apresentados aos seus alunos de Pós-Graduação na Cadeira de Programação Neurolinguística em inúmeras Faculdades e Universidades brasileiras, entre outras: Centro de Ensino Superior de São Carlos, FURB (Universidade Regional de Blumenau), ISCA (Instituto Superior de Ciências Aplicadas de Limeira), etc..

Precauções a serem tomadas na Regressão

Na escolha do terapeuta e do método:
Não confie num terapeuta que não tenha habilidade suficiente, e um currículo profissional que comprove isso. Lembre-se que quanto mais ampla for sua formação melhor, pois terá a seu dispor, maiores recursos.
Procure alguém que tenha cultura geral, isso é muito importante para que com esse detalhe, consiga ter uma maior acção para verificar a veracidade dos fenómenos e dos relatos que se apresenta.
Não aceite um terapeuta que lhe faça promessas, ou que lhe assegure o sucesso da regressão independente das circunstâncias, você estará participar de um fenómeno um tanto raro, que nem sempre está ao alcance de todas as pessoas por muito que elas se interessem por ele. Pressuponha que haja uma certa predestinação para que a regressão seja bem sucedida, nem todos os que a tentam, conseguem resultados palpáveis, portanto, um profissional sério não lhe fará promessas, se o fizer não estará a trata-lhe lhe de uma forma honesta, e seria útil que não confiasse plenamente nas suas intenções.

Cuidado com a Curiosidade:
Jamais concorde em fazer uma regressão por mera curiosidade. Algumas vezes os factos revividos numa regressão são perturbadores e seja como for, de relevância emocional, o que desaconselha transformá-los apenas num passatempo excitante.
Não tenha pressa em obter resultados, o ideal é que proceda a regressões etárias, antes de tentar regressões a outras vidas.
Avisos Importantes:
Não acredite que só vale a pena fazer uma regressão se estiver a passar por um problema grave (seja de saúde física ou psicológica). Você não precisa de estar doente, talvez a regressão possa lhe ser útil, para alcançar um maior sentido de vida, uma sensação de plenitude, para aumentar a sua segurança ou a sua auto confiança.
Se você está a passar por sofrimentos psíquicos, procure recorrer ao auxílio de um terapeuta, para determinar as suas origens nesta vida, antes de fazer uma regressão a vidas passadas.
Tenha paciência, nem sempre as imagens de vidas passadas aparecem para todas as pessoas, e é muito raro que surja na primeira sessão.
Existem bons motivos para que a natureza humana não tenha permitido a lembrança de vidas passadas a todas as pessoas, sem o recurso de um processo terapêutico, pode ser que seja preciso harmonizar esta vida antes de tentar conhecer algo das vidas anteriores.
Evite tomar qualquer medicação e não ingerir nenhum tipo de bebida alcoólica nas 24 horas que antecedem cada sessão.

Será a Regressão a Vidas Passadas fruto da imaginação ou realidade.

Existem pessoas místicas que acreditam que através da regressão, chega-se a vidas passadas. E também outras, com mentes mais científicas que têm explicações diferentes para o fenómeno.
É claro que existem inúmeras questões e igual número de respostas, tanto do lado dos místicos ou religiosos, quanto dos racionais e científicos.
A Regressão a Vivências Passadas é obtida através de um processo que leva o indivíduo a atingir um nível de concentração mental, diferente do usual, proporcionando regredir no tempo e no espaço e, experimentando ou lembrando-se de situações específicas. Para melhor entender a Regressão a Vivências Passadas temos uma prova real.
O primeiro livro best-seller sobre o assunto, que fez muito sucesso no Brasil, é dos anos cinquenta, chamado "O Caso de Bridey Murphy", de Morey Berstein, que era um hipnólogo, do Colorado, Estados Unidos. Ele relata o caso de uma dona-de-casa que estava ser submetida a sessões de hipnose, pelo autor, para pesquisar até que idade as lembranças seriam resgatadas através da regressão. Durante o processo, para surpresa do hipnólogo, ela regrediu espontaneamente a uma vida na Irlanda, um século atrás, revelando inúmeros detalhes sobre essa existência, que depois foi pesquisada profundamente no próprio local, encontrando-se provas dos relatos fornecidos.
Citando este caso, temos a primeira afirmação dos que crêem em vidas passadas: Como saber tantos detalhes, sem ter estado lá, sem ter realmente vivido e conhecido as pessoas e situações relatadas? E como, também as pessoas que não acreditam em reencarnação, ao serem submetidas a este tipo de terapia, se vêem noutras vidas, com muita emoção e, várias vezes obtém provas concretas de factos vivenciados?
Os cientistas dizem que este facto pode advir da memória genética, ou seja, assim como trazemos características físicas, biológicas, psicológicas, também trazemos a memória dos nossos antepassados, e de suas experiências, vidas, emoções, que são lembradas durante as regressões.
Alguns religiosos afirmam que a reencarnação tem por objectivo, o crescimento espiritual, a aprendizagem e, até isso ocorrer, viveremos situações semelhantes em diversas vidas. No entanto, quando alguém enfrenta um problema (seja em qualquer nível, material, físico, emocional) e vivencia uma situação onde encontra-se a origem do mesmo, este, o problema, em geral, desaparece, pois o indivíduo aprende a sua lição durante a regressão.
Os cépticos dizem que, as coisas que nos perturbam podem ser fruto de tensões ou emoções reprimidas e, quando imaginamos situações semelhantes, realizamos uma catarse, liberando a emoção que origina a cura.
Os cientistas acreditam que a pessoa que conduz a regressão, o terapeuta, pode influenciar o paciente, fazendo-o acreditar em outras vidas, conduzindo a sua imaginação. Os místicos porém, contestam tal afirmativa, pois a regressão se dá, muitas vezes espontaneamente, até durante um processo simples de hipnose com outro objectivo, como por exemplo, melhorar a eficiência nos estudos. E, de repente, a pessoa começa a vivenciar experiências passadas.
Cada um defende o seu ponto de vista, porém, numa coisa todos concordam, até mesmo os terapeutas que utilizam a técnica sem acreditar em reencarnação: a terapia funciona de um forma extraordinariamente eficiente e rápida.
Há uma história de Sidarta, o Buda, que tentava mostrar aos seus discípulos o valor da descoberta da Iluminação, do conhecimento interior e ficava bastante aborrecido quando lhe faziam perguntas do tipo:
Qual a origem do Homem?
Para onde ele vai? etc.
Ele, então, contava uma parábola: "Uma vez, um nobre guerreiro foi atingido por uma flecha, durante uma batalha, e estava muito mal, quando foi socorrido e tentaram lhe extrair a flecha. O guerreiro disse que tinha algumas perguntas a fazer antes disso. Queria saber quem havia lhe atingido; a que casta pertencia; se esse homem tinha filhos; onde morava... Fez tantas perguntas que acabou por morrer."
O importante, concluímos, é que a terapia de regressão é eficiente em vários casos. Não precisamos nos deter em demasia em como funciona o processo, se são reais ou imaginárias as vivências. O que importa, na verdade, é o resultado positivo desse tipo de auxílio que nos foi oportunizado conhecer e utilizar, seja por espíritos evoluídos, seja por DEUS, ou por avanços da ciência na descoberta dos mecanismos da mente.

Biografia: Domingos Ferreira - Poeta e artista digital em técnica de Robótica

Convidado de honra: Domingos Manuel Sousa Ferreira - Poeta e artista digital em técnica de Robótica in http://povoadelanhosoacounoseum.blogspot.com/
Novo e-mail do autor " domingosmanuel.efa@gmail.com "
Domingos Manuel Sousa Ferreira, é um autor de obra poética, registado na Sociedade Portuguesa de autores sob o número 14194. As suas obras teem como títulos de renome; Liberdade por momento... e, Impactos da vida. Para além de poeta/escritor também é um artista com 400 obras de pintura criadas por si com cordenadas matemáticas no sistema digital e todas elas em técnica de Robótica, com o titulo " Abstracto Robotizado" registado na Sociedade Portuguesa de Autores membro numero 14194 e na Inspecção Geral das Actividades Culturais sob o número 1602.

Domingos Ferreira, nasceu em Angola, filho de emigrantes portugueses de naturalidade povoense. Fez a sua escolaridade na escola primária António Lopes. Estudou em outros locais. Tem um curso Professional de electricista de baixa tensão e com a categoria de Oficial de 1ª. Domingos trabalhou como segurança nocturno durante 22 anos no Agrupamento de Escolas Professor Gonçalo. E desde 25 de Outubro de 2010 executa as funções de Assistente Operacional na referida escola. Quem o ouvir falar Domingos, lembra um filósofo.

Domingos Manuel Sousa Ferreira, é uma pessoa tímida por excelência, não deu a sua obra ao reconhecimento na sua terra, porque acha que, as pessoas são quem lhe devem de dar valor em vez de ser ele a auto valorizar-se!

O autor fez o lançamento do seu primeiro livro em terras Flavienses, e o segundo na Póvoa de Lanhoso com apoio, correcção e prefácio de; Benjamim Andrade, Jornalista e Professor de filosofia. Coordenação Técnica, Analise e Crítica por; Eduardo Augusto dos Santos Rosa, Professor Catedrático da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. A Nota introdutória foi feita por Angélica Lima Andrade. O autor vendeu e esgotou as suas edições em vários pontos do país.

Domingos Manuel Sousa Ferreira, como artista plástico também tem dado nas vistas! As suas obras em tela, saídas do contraste digital em Robótico, teem sido divulgadas em várias frentes, Cine Convívio Fura, Inovalar Decorações, Casa do Benfica da Póvoa de Lanhoso, Cyber Café - Cyber Concerto, Cyber Mil Chás, Bar Académico, Bar do João, Theatro Clube, e outros locais mas sempre com exposições permanentes. No estrangeiro; em várias Associações Culturais Portuguesas. Na suiça, Livraria LusoLivro e Sporting Clube de Zurique, as duas em Zürich etc.

Em breves linhas descrevo o currículo do autor:

Liberdade por Momento.

“Editado em 09 de Junho de 2001 em Chaves”

Impactos da Vida.

“Editado em 27 de Dezembro de 2003 na Póvoa de Lanhoso”

O Processo dos Processos.

“Métodos de utilização do coeficiente mental”.

Comportamento Sexual Humano.

”Em análise de estudo”

Violência na Sociedade.

“Estudo sobre a sociedade contemporânea”.

Ideias Musicais.

“Esquemática e Simetria Musical poemas para canções”.

Tópicos Musicais.

“Esquemática e Simetria Musical poemas para canções”.

Impactos Musicais.

“Esquemática e Simetria Musical poemas para canções”.

Tentações Musicais.

“Esquemática e Simetria Musical poemas para canções”.

Quadras e Todas elas Tem um Tema 1.

“Continuidade do estudo comportamento evolução da mente humana”

Quadras e Todas elas Tem um Tema 2.

“Continuidade do estudo comportamento evolução da mente humana”

Isto é para Ler Meditar e Esquecer.

“Poesia surpresa”.

Robótica Abstracta 400 pinturas.

“Todas Registadas na SPA e IGAC”.

Um concurso de Televisão com o nome comercial:

“O Preço da Verdade" ® 2005

S.P.A. 14194 ®

Domingos Ferreira, esteve no incentivo de encorajamento do autor "Quelhas" aquando à edição e ao lançamento do livro; Inspiração do Compositor... esteve presente também como convidado do autor que apadrinhou, na EB 1 de Garfe no Plano da Literatura Escolar. E, ainda participou em Análise e crítica n; O livro da criança... e convidado de honra, juntamente com a Poetiza de Arosa, para apresentação do segundo livro. Domingos esteve sempre presente directo ou indirectamente, em pessoa ou com as suas obras de arte nas tournées que o mesmo autor nato povoense esteve patente.

O Poeta e Artista Plástico, reflecte que tem muitas obras para sair, só ainda o não fez, porque acha que, o tempo não trouxe nada de novo e, para terminar, Domingos Manuel Sousa Ferreira diz num dos seus; Pensamentos do Dia...

"Se pensares como eu, entenderás o que sinto."

Convidado de honra pelo autor povoense Quelhas